Os Congressos Missionários Americanos

0
0
0
s2smodern
0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O Quinto Congresso Missionário Americano (CAM 5) acontece na cidade de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) de 9 até 14 de julho 2018 com o tema “América em missão, o Evangelho é alegria”. O Santo Padre Francisco nomeou o Cardeal Fernando Filoni, que é Prefeito da Congregação da Fé para a Evangelização dos Povos, como enviado especial para a celebração do Congresso.

As origens dos Congressos Missionários Americanos (CAM) encontram-se nos Congressos Missionários Latino americanos (COMLA) que nasceram pela inspiração e pelo apoio das Pontifícias Obras Missionárias (POM), organizados em parceria com as Conferências Episcopais, com as Igrejas particulares e com todos os organismos e as realidades missionárias do continente. Aos COMLAs precederam-se os Congressos Missionários Nacionais de México.

 Em 1977 o México celebrou na cidade de Torreón, o VII Congresso Missionário Nacional. A participação neste Congresso do Card. Agnelo Rossi que naquela época era Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos juntamente com as delegações dos diferentes Países de América Latina deram um caráter continental àquele Congresso que de fato se tornou o primeiro COMLA. A partir dos COMLAs e depois dos CAMs chegaram para nós decisões importantes para o comprometimento missionário Ad Gentes na Igreja americana.

O primeiro Congresso Missionário Latino-Americano (COMLA 1). Realizou – se na cidade de Torreón (México) de 20 a 23 de novembro 1977 com o tema: “A salvação universal comprometimento do México”. Nas conclusões foi decidido: a fundação de um Centro Latino Americano de animação missionária em Guadalupe; um comprometimento maior na pastoral das vocações missionárias dos leigos sem esquecer as vocações sacerdotais e religiosas; a instituição em todas as Dioceses das Pontifícias Obras Missionárias.                    

O segundo Congresso Missionário Latino – Americano (COMLA 2). Celebrou – se na cidade de Tlaxcala, sempre no México de 17 a 22 de maio 1983 com o tema: “Junto com Maria, missionários de Cristo”. Neste Congresso tornou-se oficial a definição COMLA. Entre todas as decisões sobressai o apoio ao serviço missionário dos sacerdotes “Fidei donum”: “As Igrejas locais enviem alguns dos próprios sacerdotes para as Igrejas locais que mais precisam como sinal de comunhão e de participação para a evangelização dos povos do mundo. Pedimos com carinho aos nossos sacerdotes que ser prontifiquem com generosidade para trabalharem nas missões e que também os Bispos promovam e favoreçam esta forma de serviço eclesial”. Além disso, os institutos religiosos que nasceram na América Latina e que tiveram muitas vocações, foram convidados a ‘apoiarem algum projeto missionário nas Missões de outros Continentes. Foi, pedida, também, a instituição de um Seminário para as Missões Estrangeiras em nível continental”.

O terceiro Congresso Missionário Latino-Americano (COMLA 3). Realizou – se na cidade da Colômbia Bogotà de 5 a'8 de julho 1987 com o tema : “América, chegou o teu momento de ser evangelizadora”. “A América é convidada a se tornar continente da esperança missionária. Deve e poderá ser tudo isso enviando, mesmo própria escassez, mensageiros que anunciem a todas as gentes o Evangelho que é Força de Deus para a salvação de que acredita” exortava o Papa Giovanni Paolo II na mensagem dele aos participantes do Congresso. As reflexões e as discussões dos participantes nos trabalhos de grupos suscitaram muitas sugestões e propostas convergentes a respeito do comprometimento missionário e de particulares iniciativas missionárias a serem assumidas, voltadas a todos os membros da Igreja no continente, em particular para favorecer o engajamento missionário dos leigos.

O quarto Congresso Missionário Latino-Americano (COMLA 4). Celebrou – se na cidade de Lima (Perù) de 3 a 9 de fevereiro 1991 com o tema “América Latina a partir da tua fé envia missionários”. Na Mensagem final do COMLA 4 com o título: “A fé se fortalece doando – a” afirmava – se: “A vitalidade das nossas Igrejas vai crescer na medida em que o envio dos missionários para além fronteiras se enraizar como necessidade constante na programação das próprias atividades apostólicas”. O fruto mais relevante do COMLA 4 tem sido o crescimento da consciência missionária das nações Latino – americanas através do envio das primeiras equipes missionária Ad Gentes.

O quinto Congresso Missionário Latino-Americano (COMLA 5). Realizou – se de 18 a 23 de julho 1995 na cidade de Belo Horizonte (Brasil), com o tema “Evangelho nas culturas. Caminho de vida e de esperança”. O Santo Padre Giovanni Paolo II na mensagem final do COMLA V afirmava: “a missão que Jesus confiou aos discípulos dEle e a toda a Igreja apresenta – nos hoje três grandes desafios no continente de América Latina: o encontro do Evangelho com as culturas indígenas, afro – descendentes e mestiças, a nova evangelização e a missão Ad Gentes... Correspondendo a estes 3 desafios as comunidades eclesiais de América Latina devem realizar com determinação a opção preferencial pelos pobres e marginalizados”.

O Cardeal Jozef Tomko, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, como enviado por João Paulo II, na própria exortação final reafirmou que “para a América Latina chegou a hora de levar a fé aos povos que ainda não conhecem Cristo, com coragem e entusiasmo, na certeza absoluta de que a fé se fortalece testemunhando-a”. “Chegou a hora e não por um gesto de boa vontade, de generosidade ou por causa de uma opção preferencial e sim porque para a América Latina e Caribe o fato de se colocarem com determinação no caminho da evangelização Ad Gentes representa hoje a tarefa mais relevante e mais urgente que os sinais dos tempos nos estão mostrando” (SL).

(Agência Fides 3/7/2018) 

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018