PROCURA-SE!

Google Plus

Quinta, 08 Novembro 2018

Tempo Comum

Lc 15,1-10

Em escuta do espírito

Vinde Espírito de Verdade e faz-me experimentar a verdadeira proposta de Deus para minha vida! Vinde Espírito de Misericórdia e envolvei-me com os laços da vida nova que surge do Ressuscitado! Enchei-nos com tuas divinas inspirações no dia de hoje para sermos palavras vivas.

Em escuta da Palavra

Naquele tempo, os publicanos e pecadores aproximavam-se de Jesus para o escutar. Os fariseus, porém, e os mestres da Lei criticavam Jesus. “Este homem acolhe os pecadores e faz refeição com eles”. Então Jesus contou-lhes esta parábola: “Se um de vós tem cem ovelhas e perde uma, não deixa as noventa e nove no deserto, e vai atrás daquela que se perdeu, até encontrá-la? Quando a encontra, coloca-a nos ombros com alegria, e, chegando à casa, reúne os amigos e vizinhos, e diz: ‘Alegrai-vos comigo! Encontrei a minha ovelha que estava perdida!’ Eu vos digo: Assim haverá no céu mais alegria por um só pecador que se converte, do que por noventa e nove justos que não precisam de conversão. E se uma mulher tem dez moedas de prata e perde uma, não acende uma lâmpada, varre a casa e a procura cuidadosamente, até encontrá-la? Quando a encontra, reúne as amigas e vizinhas, e diz: ‘Alegrai-vos comigo! Encontrei a moeda que tinha perdido!’ Por isso, eu vos digo, haverá alegria entre os anjos de Deus por um só pecador que se converte”.

Comentário

Estamos meditando o capítulo da misericórdia no evangelho de São Lucas.  Nesta sessão, as palavras se fazem parábolas e histórias para que melhor saboreemos experimentando a realidade transformadora da essência divina, conjunta ao amor: a misericórdia. Na página evangélica de hoje, a festa do perdão acontece não porque a ovelha tenha voltado por sua conta, ou, como se em um passe de mágica, a moeda tivesse sido encontrada. Pelo contrário, tem um pastor que vai atrás e uma mulher que procura. Seria um grande erro pensar que o meu arrependimento leva ao perdão de Deus. Se assim fosse, coitados de nós, egoístas que somos até nestes momentos. Deus Pai, como o pastor da parábola; Deus Mãe, como a mulher que procura, vem até mim por primeiro; na pura e total liberdade de quem ama ´encontrar´ para ficar perto. O caminho de minha conversão diária se desencadeia deste ato amoroso primário de Deus. A partir desta certeza misericordiosa que me antecede, tudo o resto é consequência, também minha ação de buscar, como Deus, por tudo o que de bom a humanidade vai perdendo ou esquecendo. Portanto, hoje também: PROCURA-SE!  

Missionários Xaverianos

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018