Em Deus Pai, Igreja mãe

Google Plus

Sexta, 09 Novembro 2018

Tempo Comum

Jo 2,13-22

Em escuta do espírito

Vem, ó Divino Espírito, fogo de Pentecostes e inflama a tua Igreja. Vinde, ó Divino Espírito, e restaura em nós o santuário da presença de Deus. Desça sobre nós divina luz pela força da tua Palavra. 

Em escuta da Palavra

Estava próxima a Páscoa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém. No Templo, encontrou os vendedores de bois, ovelhas e pombas e os cambistas que estavam aí sentados. Fez então um chicote de cordas e expulsou todos do Templo, junto com as ovelhas e os bois; espalhou as moedas e derrubou as mesas dos cambistas. E disse aos que vendiam pombas: “Tirai isto daqui! Não façais da casa de meu Pai uma casa de comércio!” Seus discípulos lembraram-se, mais tarde, que a Escritura diz: “O zelo por tua casa me consumirá”. Então os judeus perguntaram a Jesus: “Que sinal nos mostras para agir assim?” Ele respondeu: “Destruí este Templo, e em três dias o levantarei”. Os judeus disseram: “Quarenta e seis anos foram precisos para a construção deste santuário e tu o levantarás em três dias?” Mas Jesus estava falando do Templo do seu corpo. Quando Jesus ressuscitou, os discípulos lembraram-se do que ele tinha dito e acreditaram na Escritura e na palavra dele.

Comentário

A Igreja celebra hoje, a festa da dedicação da Basílica de São João em Latrão (Roma). Esta igreja é considerada a primeira igreja cristã construída no ocidente sendo então designada como: mãe de todas as igrejas cristãs católicas. A basílica do Latrão é a catedral do papa, cujo ministério é presidir na caridade os fiéis católicos do mundo inteiro. Ao celebrar esta festa litúrgica, o Evangelho nos lembra da importância do templo, enquanto espaço sagrado, pois hospeda o santuário ainda mais importante em grau e dignidade: o ser humano. O templo de Deus, mais sublime e excelso, é a vida humana enquanto solo sagrado e fecundado pela divina graça. Celebrar a festa da igreja mãe é lembrar que toda a Igreja deve ser útero que fecunde e promova, nos discípulos e discípulas de Cristo, uma vida plena e autêntica, denunciando ´todas mesa de cambistas´ dos interesses pessoais e desumanos que a podem desfigurar.

Missionários Xaverianos

Missionários Xaverianos no Brasil
Copyright ©2018