Filipinas

 

Capital: Manila
Superfície: 300.000 Km2 (do tamanho do Maranhão)
População: 77,1 milhões de habitantes
Línguas: filipino, inglês, espanhol, linguas regionais
Expectativa de vida: 70 anos
Adultos alfabetizados: 95,4%
Renda per capita: 1.050 dólares por ano
Religiões: cristianismo 89,7%; islamismo 6,2%; outras 3,2%; sem religião 0,9%.

As Filipinas, arquipélago do Extremo Oriente que há séculos respondeu ao apelo cristão, não constava nos mapas xaverianos. Esta a razão pela qual, quando da decisão da abertura de um “centro asiático” para a formação dos Xaverianos, pensou-se nas Filipinas.

A evangelização teve início com o desembarque de Magellano, em 1521. Haviam-se juntado, anteriormente, comerciantes muçulmanos, mas eles não chegaram a integrar-se totalmente na vida nacional organizada pelos colonos espanhóis, com base em tradições e princípios cristãos. Atualmente, a comunidade cristã católica constitui cerca de 82% da população.
Os Xaverianos chegaram há pouco às Filipinas. Na periferia de Maníla, abriram uma comunidade religiosa destinada à acolher jovens xaverianos de várias nacionalidades que se preparam para o trabalho missionário. O desejo de possuir uma pequena comunidade inserida no meio dos pobres e de estabelecer contatos com a Igreja local que é ponto de encontro para muitos cristãos do continentes, fizeram com que a escolha recaísse neste País asiático.
Assim, a 3 de dezembro de 1992, com a bênção do Card. Sin, nasceu, na periferia da capital, uma nova paróquia confiada aos Xaverianos. Por ser, atualmente, as Filipinas uma terra fértil de vocações missionárias, prevê-se para breve a adesão de jovens locais à família xaveriana.

Comentários