Camarões



Capital
: Iaundê
Superfície: 475.442 km2
População: 15,2 milhões de habitantes
Línguas
: francês e inglês (oficiais), línguas regionais
Expectativa de vida: 50 anos
Adultos alfabetizados: 75.4%
Renda per capita: 610 dólares por ano
Religiões: cristianismo 52,2%; Religiões tradicionais 26%; islamismo 21,8%.

Camarões é um país conhecido pela sua laboriosidade e pelo seu desenvolvimento. Sua terra, caracterizada por grandes contrastes naturais e climáticos, oferece com fartura produtos exportáveis, sendo o subsolo generoso em matérias primas. Também o turismo contribui para uma saudável economia. Aqui, a Igreja já celebrou seus cem anos de vida. Os Padres Palotinos alemães evangelizaram o Sul do País a partir de 1891, tendo-se unidos a eles os Padres do Espírito Santo e os Irmãos do S. Coração. O Norte de Camarões, que sempre esteve vinculado ao Islã, somente conheceu a evangelização após a segunda guerra mundial, graças aos Oblatos de Maria Imaculada.
Hoje, a Igreja deste País vive um momento muito promissor, com intensa participação dos leigos, particularmente interessados no crescimento da vida cristã e na africanização da Igreja. Nos últimos anos, ao Norte de Camarões, os Xaverianos se empenharam na evangelização de regiões ainda não atingidas pelo Evangelho. Insistiram principalmente na formação dos catequistas e dos responsáveis pelas comunidades Cristãs de base. Para o anúncio do Reino, adotaram um método característico da África, o da “Tradição oral”. Enquanto que no Oeste e no Sul do País foram estimuladas as comunidades eclesiais das aldeias, nos centros urbanos de Douala e Yaoundé o trabalho pastoral é típico das periferias das grandes cidades. Em Yaoundé abriu-se, há pouco, uma casa de estudos de teologia onde jovens xaverianos oriundos de diversas partes do mundo se preparam para o sacerdócio e para a vida missionária.

Comentários